中文

傻瓜汉斯

PORTUGUÊS

João, o sensato


汉斯的母亲问:"汉斯,你上哪儿去?""我去格蕾特那里。"汉斯回答说。 "要有礼貌啊,汉斯。""我一定会有礼貌的。再见,妈妈。""再见,汉斯。"汉斯来到格蕾特家。 "你好,格蕾特!""你好,汉斯!你带来什么好东西?""我什么都没带,倒想问你要点什么呢。"格蕾特给汉斯一根缝衣针。 汉斯于是说:"再见,格蕾特。""再见,汉斯。"
汉斯接过针,插在一辆装满干草的车上,跟在车后面回了家。 "晚上好,妈妈!""晚上好,汉斯!你上哪儿去了?""我到格蕾特家。""你带了什么给她?""什么都没带,反而要了点东西。""她给了你什么?""一根针。""针呢?""插在装草的车上了。""糟透了,汉斯,你应该把针扎在袖子上才对呀。""没关系,妈妈,下次我会注意的。"
"汉斯,你上哪儿去?""我去格蕾特那里。"汉斯回答说。 "要有礼貌啊,汉斯。""我会的。再见,妈妈。""再见,汉斯。"汉斯来到格蕾特家。 "你好,格蕾特!""你好,汉斯!你带来什么好东西?""我什么都没带,倒想问你要点什么呢。"格蕾特给汉斯一把刀。 "再见,格蕾特。""再见,汉斯。"汉斯接过刀,把它插在衣袖上回了家。 "晚上好,妈妈!""晚上好,汉斯!你上哪儿去了?""我在格蕾特家。""你带了什么给她?""什么都没带,反而要了点东西。""她给了你什么?"
"一把刀。""刀呢?"
"插在衣袖上了。""糟透了,汉斯,你应该把小刀装在口袋里才对呀。""没有关系,妈妈,下次我一定注意。""汉斯,你上哪儿去?""我去格蕾特那里。"汉斯回答说。 "要有礼貌啊,汉斯。""我会的。再见,妈妈。""再见,汉斯。"汉斯来到格蕾特家。 "你好,格蕾特!""你好,汉斯!你带来什么好东西?""我什么都没带,倒想问你要点什么呢。"格蕾特给汉斯一头小山羊。 "再见,格蕾特。""再见,汉斯。"汉斯接过山羊,把它的腿绑住,然后装在口袋里回家了。 "晚上好,妈妈!""晚上好,汉斯!你上哪儿去了?""我在格蕾特家。""你带了什么给她?""什么都没带,反而要了点东西。""她给了你什么?""一头小山羊。""羊呢?""装在口袋里了。""糟透了,汉斯,你应该把小山羊用一根绳子拴住才对呀。"
"没有关系,妈妈,下次我一定注意。"
"汉斯,你上哪儿去?""我去格蕾特那里。"汉斯回答说。
"要有礼貌啊,汉斯。"
"我会的。再见,妈妈。""再见,汉斯。"汉斯来到格蕾特家。 "你好,格蕾特!""你好,汉斯!你带来什么好东西?""我什么都没带,倒想问你要点什么呢。"格蕾特给汉斯一块烤肉。 "再见,格蕾特。""再见,汉斯。"汉斯接过肉,用绳子一路拖着回家了。 路上有狗跟在后面将肉吃了,所以等他到家时,手上只剩下了绳子,绑着的东西早没了。 "晚上好,妈妈!""晚上好,汉斯!你上哪儿去了?""我在格蕾特家。""你带了什么给她?""什么都没带,反而要了点东西。""她给了你什么?""一块肉。""肉在哪儿?""我把它绑在绳子上牵回来,可狗把它给吃了。""糟透了,汉斯,你应该把肉顶在头顶上拿回来才对呀。""没有关系,妈妈,下次我一定注意。""汉斯,你上哪儿去?""我去格蕾特那里。"汉斯回答说。 "要有礼貌啊,汉斯。""我会的。再见,妈妈。""再见,汉斯。"汉斯来到格蕾特家。 "你好,格蕾特!""你好,汉斯!你带来什么好东西?""我什么都没带,倒想问你要点什么呢。"格蕾特给汉斯一头小牛犊。 "再见,格蕾特。""再见,汉斯。"汉斯接过牛犊,把它顶在头上回家了。 "晚上好,妈妈!""晚上好,汉斯!你上哪儿去了?""我在格蕾特家。""你带了什么给她?""什么都没带,反而要了点东西。""她给了你什么?""一只牛犊。""牛犊呢?""我把它顶在头上,可它踢到我脸上来了。""糟透了,汉斯,你应该牵着它到牲口棚才对呀。"
"没有关系,妈妈,下次我一定注意。"
"汉斯,你上哪儿去?""我去格蕾特那里。"汉斯回答说。 "要有礼貌啊,汉斯。""我会的。再见,妈妈。""再见,汉斯。"汉斯来到格蕾特家。 "你好,格蕾特!""你好,汉斯!你带来什么好东西?""我什么都没带,倒想问你要点什么呢。"格蕾特对汉斯说:"我跟你去吧。"汉斯领着格蕾特,用一根绳子拴住,牵着她到饲料槽边,把她拴牢了。 然后汉斯来到母亲跟前。 "晚上好,妈妈!""晚上好,汉斯!你上哪儿去了?""我在格蕾特家。""你带了什么给她?""什么都没带。""她给了你什么?""什么都没给,她跟着我来了。""那你把格蕾特留在哪儿了?""我用绳子把她拴着牵回来放到牲口棚里了,还扔了些草给她。"
"糟透了,汉斯,你应该报以友好的眼光才对呀。""没有关系,妈妈,我一定改正。"
汉斯跑到牲口棚里把所有牲口的眼睛都挖出来扔到格蕾特脸上。 格蕾特火透了,挣开绳索跑了,再也不肯嫁给汉斯做新娘了。
Amãe do João falou para ele,

"Para onde vais, João?"

João respondeu, "Para a casa de Maria."

"Comporte-se bem, João."

"Oh, me comportarei bem. Adeus, mamãe."

"Adeus, João."

João chega na casa de Maria,

"Bom dia, Maria."

"Bom dia, João. O que trouxeste de bom?"

"Não trago nada, gostaria de ganhar algo."

Maria presenteia João com uma agulha.

João diz, "Adeus, Maria."

"Adeus, João."

João pega a agulha, e a joga dentro de um carrinho de feno, e segue com o carrinho para casa.

"Boa noite, mamãe."

"Boa noite, João. Onde estiveste?"

"Com Maria."

"O que levaste para ela?"

"Não levei nada; quis apenas que ela me desse alguma coisa."

"O que Maria deu para ti?"

"Me deu uma agulha."

"Cadê a agulha, João?"

"Coloquei-a dentro do carrinho com feno."

"Fizeste mal, João. Deverias ter colocado a agulha na manga da camisa."

"Não se preocupe, da próxima vez farei melhor."

"Para onde vais, João?"

"Para a casa de Maria, mamãe."

"Comporte-se bem, João."

"Oh, eu me comportarei bem. Adeus, mamãe."

"Adeus, João."

João chega à casa de Maria. "Bom dia, Maria."

"Bom dia, João. O que trouxeste de bom para mim?"

"Não trouxe nada, mas gostaria de receber algo." Maria presenteia João com uma faca.

"Adeus, Maria."

"Adeus, João." João pega a faca, e a coloca na manga de sua camisa, e vai para casa.

"Boa noite, mamãe."

"Boa noite, João. Onde estiveste?"

"Com Maria."

"O que levaste para ela?"

"Não lhe dei nada, mas ela me deu algo."

"O que Maria deu para você?"

"Ela me deu uma faca."

"Onde está a faca, João?"

"Eu a coloquei na manga da minha camisa."

"Fizeste mal, João, deverias ter colocado a faca no bolso."

"Tudo bem, da próxima vez farei melhor."

"Para onde vais, João?"

"Para a casa de Maria, mamãe."

"Comporte-se bem, João."

"Oh, eu me comportarei bem. Adeus, mamãe."

"Adeus, João."

João chega à casa de Maria. " Bom dia, Maria."

"Bom dia, João. O que de bom trouxeste para mim?"

"Não trouxe nada, mas gostaria de receber algo."

Maria presenteia João com um cabritinho.

"Adeus, Maria."

"Adeus, João." João pega o cabritinho, amarra-lhe as pernas, e o coloca dentro do bolso.

Quando ele chega em casa o cabritinho estava sufocado.

"Boa noite, mamãe."

"Boa noite, João. Onde estiveste?"

"Em casa de Maria."

"O que levaste para ela?"

"Não levei nada, mas ela me deu algo."

"O que Maria deu para você?"

"Ela deu para mim um cabritinho."

"Onde está o cabritinho, João?"

"Eu o coloquei no bolso."

"Fizeste mal, João, deverias ter colocado uma corda em volta do pescoço do cabrinho."

"Tudo bem, da próxima vez farei melhor."


"Para onde vais, João?"

"Para a casa de Maria, mamãe."

"Comporte-se bem, João,"

"Oh, eu me comportarei bem. Adeus, mamãe."

"Adeus, João." João chega à casa de Maria.

"Bom dia, Maria."

"Bom dia, João. O que de bom trouxeste para mim?"

"Não trouxe nada, mas gostaria de receber algo."

Maria presenteia João com um pedaço de toucinho.

"Adeus, Maria."

"Adeus, João."

João pega o toucinho, amarra numa corda, e o leva arrastado para casa.

Os cães aparecem e devoram o toucinho.

Quando ele chega em casa, ele tem apenas a corda na mão, e nada está pendurado nela.

"Boa noite, mamãe."

"Boa noite, João. Onde estiveste?"

"Com Maria."

"O que levaste para ela?"

"Não levei nada, ela me deu algo."

"O que Maria deu para você?"

"Me deu um pedaço de toucinho."

"Onde está o toucinho, João."

"Eu o amarrei numa corda, e quando trazia para casa, os cães o comeram."

"Fizeste mal, João, deverias ter trazido o toucinho na cabeça."

"Tudo bem, da próxima vez farei melhor."


"Para onde vais, João?"

"Para a casa de Maria, mamãe."

"Comporte-se bem, João."

"Eu me comportarei bem. Adeus, mamãe."

"Adeus, João."

João chega à casa de Maria.

"Bom dia, Maria."

"Bom dia, João."

"O que de bom trouxeste para mim?"

"Não trouxe nada, mas gostaria de receber algo."

Maria presenteia João com um bezerro.

"Adeus, Maria."

"Adeus, João."

João pega o bezerro, coloca-o na cabeça, e o bezerro lhe aplica um coice na cara.

"Boa noite, mamãe."

"Boa noite, João. Onde estiveste?"

"Com Maria."

"O que levaste para ela?"

"Não levei nada, mas ela me deu algo."

"O que Maria deu para você?"

"Um bezerro."

"Onde está o bezerro, João?"

"Eu o coloquei na minha cabeça e ele me deu um coice na cara."

"Fizeste mal, João, deverias ter levado o bezerro, e o colocado no estábulo."

"Tudo bem, da próxima vez farei melhor."

"Para onde vais, João?"

"Para a casa de Maria, mamãe."

"Comporte-se bem, João."

"Eu me comportarei bem. Adeus, mamãe."

"Adeus, João."

João chega à casa de Maria.

"Bom dia, Maria."

"Bom dia, João. O que de bom trouxeste para mim?"

"Não trouxe nada, mas gostaria de receber algo."

Maria diz a João, "Irei com você."

João pega Maria, amarra ela com uma corda, levou-a até o cavalete, e a amarrou bem forte.

Então, João vai até a sua mamãe,

"Boa noite, mamãe."

"Boa noite, João. Onde estiveste?"

"Com Maria."

"O que levaste para ela?"

"Não levei nada."

"O que Maria deu para você?"

"Ela não me deu nada, ela veio comigo."

"Onde deixaste Maria?"

"Eu a levei com uma corda, e a amarrei no cavalete, e espalhei um pouco de grama para ela."

"Fizeste mal, João, deverias ter lançado olhos gentis sobre ela."

"Não se preocupe, da próxima vez farei melhor."

João entrou no estábulo, arrancou todos os olhos dos bezerros e das ovelhas, e os lançou no rosto de Maria.

Então, Maria ficou brava, soltou as amarras e fugiu desanimada, tornando-se assim a noiva de João.




比較翻譯:













Donations are welcomed & appreciated.


Thank you for your support.