Os três homenzinhos na floresta

Havia um homem cuja mulher morrera, e uma mulher cujo marido morrera; e o homem tinha uma filha, e a mulher tinha uma filha também. As meninas vieram a se conhecer, foram passear juntas e, mais tarde, chegaram à casa da mulher. Esta disse, então, à filha do homem: - Escuta, dize a teu pai que eu gostaria de me casar com ele; terás, todas as manhãs, leite para te lavares e vinho para beber; minha filha porém, terá água para se lavar e água para beber. A menina foi para casa e contou a seu pai o que a mulher havia dito. - Que devo fazer? – disse o homem. – O casamento é uma alegria e é, também, tormento. Por fim, como não conseguisse tomar decisão alguma, descalçou sua bota e disse: - Pega esta bota, que tem um furo na sola, leva-a ao sótão, pendura-a no prego grande e despeja-lhe água dentro. Se ela contiver a água, decido que tomo de novo uma esposa, mas se a água escorrer, decido que não. A menina fez como lhe fora ordenado, mas a água retraiu o furo, e a bota ficou cheia até a borda.
8.2/10 - 327 votos






Os mais belos contos de Grimm












Donations are welcomed & appreciated.


Thank you for your support.