As três folhas da serpente

Houve uma vez um pobre homem que não podia mais sustentar seu filho único. Este, então, disse ao pai: - Meu querido pai, vives tão miseravelmente e eu sou um peso para ti; quero, portanto, ir-me embora e tratar de ganhar o pão de cada dia. O pai deu-lhe a benção, despedindo-se dele com grande tristeza. Naquele tempo, o rei de importante reino estava na guerra; o jovem entrou ao seu serviço, acompanhando-o ao campo de luta. Quando chegaram à frente do inimigo, travou-se uma grande batalha; o perigo era assustador; o feijão azul (balas) caía de todos os lados e os companheiros eram terrivelmente dizimados. Tendo caído também o comandante, os outros tentaram fugir, mas o jovem postou-se à frente deles e incentivou-os, exclamando: - Não deixaremos perecer nossa Pátria! Avante! Os outros, então, seguiram-no; ele irrompeu contra o inimigo e derrotou-o.
8.3/10 - 1013 votos






Os mais belos contos de Grimm














Donations are welcomed & appreciated.


Thank you for your support.